2008-04-05

Donald Byrd - Cont



O post de hoje é dedicado aos primeiros anos da carreira de Donald Byrd cuja primeira gravação data do ano de 1955 , é notória a qualidade dos musicos que sempre escolheu como acompanhantes , desconhecidos na época tal como o próprio Donald Byrd são hoje icones incontornaveis do jazz .





Um ano apos a 1ª sua gravação onde se fez acompanhar de Yusef Lateef no album First Flight , edita The Young Bloods ao lado de outro dos grandes nomes do jazz , o saxofonista Phill Woods , tres temas da obra

Dewey Square
Lover Man
Once More



Ainda no mesmo ano a obra Two Trompets , Donald Byrd e Art Farmer , outro musico fenomenal , torna-se um habito encontrar os mais credenciados musicos de jazz sa actualidade colaborando nas bandas e trabalhos de DB , alguns temas desse trabalho começando com o clasico dos classicos ...

Round Midnight
Dig
The Third


Os dois primeiros anos foram de trabalho intenso , em 1957 Star Eyes é já o seu 9º album , conta novamente com a colaboração de musicos que cinquenta anos depois disfrutam dum estatuto especial , nomes consagrados , John Jenkins no tenor-sax , Curtis Fueller trombone , Tommy Flanagan piano , Doug Watkins baixo e Art Taylor bateria . Quatro temas da obra




Damm That Dream

Honeylike
Orpheus
Star Eyes







Donald Byrd começou jovem a sua carreira e chegou ao jazz no auge do movimento Beboop , em finais dos anos 60 e influenciado por Miles aventurou-se no Fusion e no Funkye , algo que não caiu muito bem entre os seus admiradores que o consideravam um purista , uma aventura curta para este excelente trompetista que voltou rapidamente ao jazz classico mas nunca renegou sempre que possivel as hipoteses de novas experiencias e sonoridades .

Discografia

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial