2007-08-06

Contos da Primária - Texto 3

Uma das maiores tormentas por que passavamos na escola primária , felizmente anualmente , era quando apareciam lá umas gajas vestidas de enfermeira para nos darem uma colher de oleo figado de bacalhau ... Esta substancia com grandes qualidades medicinais era distribuida por todas as escolas , uma prenda do Dr Oliveira Salazar , provavelmente preocupado com a saude dos seus futuros militares a quem esperava uma guerra colonial .

Para quem nunca provou , é um oleo que cheira e sabe a peixe podre desenterrado uns meses depois de ter entregue a alma ao criador , cheira-lo sem puxar vómito é de heroi , conseguir enguli-lo é uma façanha digna de figurar nos compendios de história ... Recusá-lo nas barbas do Sr. Areias um suicidio ...

Esta tortura acabava irremediavelmente em grandes sessoes de reguadas , havia sempre alguns que cospiam fora , uns vomitavam outros sentiam-se mal , alguns choravam e tudo isto era contabilizado em reguadas quando aqueles anjos do inferno abadonavam a sala .
Agora imaginem quem era sempre o primeiro a ingerir aquela mistela ?
É verdade , o Sr Areias ...

Os meus sentimentos em relação a este Sr eram confusos , não conseguia deixar de sentir algum respeito e admiração misturados com a repulsa da sua ligação aos castigos fisicos e ao medo , pelo papel primordial que atribuia á violencia na educação , todos os ideias salazaristas que nos vendia , e a noção que a melhor forma educar moralmente o individuo seria pela imposição de principios , cuja quebra teria como consequencia o castigo fisico . Apesar de ser apenas um miudo , sentia que aquilo tinha que ser errado , não me parecia correcto e tinha uma noção que não precisava de provas para acreditar que estava errado ...

Verdade seja dita nunca vi o sr Areias exigir de alguém algo que não exigisse de si próprio , nunca me lembra de o ter visto quebrar as suas proprias regras , embrulhar-se em algum tipo de favorecimento , era friamente calmo , nunca perdia as estribeiras , não é verdade , houve uma vez em que ficou completamente descontrolado e as consequencias foram pesadas , conto no proximo
post ...



0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial