2007-08-07

Antologia do Poder , Texto 8

Apesar da voz grossa e a sua imponencia intimidativa , o Fredo tinha um bom coração e só queria mesmo era divertir-se um bocado . Tinha a mania parva que era o Guilherme Tell , nunca percebi ao certo aonde tinha houvido falar dele , de alguma forma aquilo da maça na cabeça fascinava-o , quando apanhava um estrangeiro no nosso territorio acabava irremediavelmente na pergunta , és corajoso ? Se fores podes ir embora sem problemas ...
Encostava o puto a uma parede punha-lhe uma lata na cabeça e tentava acertava-lhe com uma pedra .
A verdade é que o Fredo era cuidadoso , nunca o vi acertar na lata nem no puto , queria so mesmo assustar , conseguia-o e de que maneira , tinha uma pontaria excelente , era um Bill "The Kid" do calhau ou um Guilherme Tell do calhau como provavelmente teria preferido e apontava sempre meio metro acima da cabeça do puto .
Passava-me sempre que tinha de assistir a isto , nunca estava certo das suas intenções e nada me garantia que um dia a coisa não fosse correr mal , desatinava com o Fredo , carago Fredo ainda vais foder a cabeça ou um olho ao puto , deixa de ser parvo , acaba com esta merda ...
O Fredo ficava estragado , já me viste acertar em algum ? Não tas bem vaza , e eu respondia , vazo mas amanha vais copiar os trabalhos de casa nos tomates ...
Um dia o Fredo não gostou que interrompesse o seu numero , dirigiu-se ao puto tirou-lhe a latada cabeça , mandou-o desparecer , encostou-se ele ao muro , pos a lata na cabeça , e dirigiu-se a mim :
- Esta merda é alguma coisa doutro mundo ? Pega num calhau e acerta na lata ...
Fiquei atónito , disse Fredo não sejas parvo , não tenho pontaria nenhuma vou-te foder a cabeça , e resposta do Fredo , não faz mal , se não acertares na lata a seguir és tu ... Se pensou que não teria coragem de o fazer enganou-se , peguei num calhau pequenito e insisti de novo , Ó Fredo isto vai acabar mal , vou-te foder a cabeça ...
Não sejas menina caralho , atira lá a puta da pedra .
Só ouvi um grito seguido duma serie de palavroes , filho da puta , fodeste-me a cabeça , se tiver sangue vou-te foder , cabrão de merda , blá , blá blá ...
Chegou perto de mim a coçar a tola , és maluco caralho , vais-me atirar com um calhau á tola ?
- Ó Fredo tu é que mandaste , eu avisei-te que não tenho ponataria que te ia foder a tola e nempenses vou por a lata na minha cabeça .
- Tava a brincar contigo ó parvo , não era para atirares ...
- Carago Fredo e só agora é que me dizes ?
- Ouve lá , a tua sorte é deixares-me copiar todos os dias os deveres , carago até me podias ter rachado a tola .
- Bem feito Fredo agora já sabes o que obrigas os putos a passar .




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial