2007-07-18

Deus Existe ?

Ontem quando ao fim da tarde regressava a casa depois do trabalho , não pude deixar de reparar numa miuda que descia a rua . Era alta , gira , cheia de curvas , novita , 17 ou 18 anitos , uma miuda muito bonita ...
Quando está talvez a 10 metros de mim , esboça um enorme sorriso , dá uma grande corrida , salta-me ao pescoço , aperta-me com toda a força , dá-me 2 beijos em cada face , e eu pensei , Bolas , afinal Deus existe ...
Quando finalmente me largou , fiquei a olha-la um pouco atordido , ela percebeu , riu-se , disse , sou a chinesinha , não te lembras de mim ?
Lembrei-me da miuda , era uma miudita muito querida que foi minha vizinha durante muitos anos , uma cara linda , olhos á vietnamita , como não sabia o seu nome chamava-lhe chinesinha ...
Cimentamos a nossa amizade numa situação um pouco desagradavel , um dia comprou-me um aguça , á noite a mãe apareceu com ela na loja , explicou-me que a miudita tinha tirado o dinheiro do porta-moedas sem autorização e estava ali para devolver o aguça .
Quando era puto , talvez 6 ou 7 anitos , passei por uma situação semelhante ,peguei num dinheiro que encontrei e comprei um livro de banda desenhada . O meu pai obrigou-me a ir com ele devolve-lo á loja , foi dos piores momentos da minha vida . A miudita não conseguia levantar os olhos do chão , podia bem imaginar o que se estava a passar naquela cabecita e não conseguia deixar de me sentir revoltado , custava-me entender que uma criança fosse assim exposta a uma humilhação , fui ter com ela , levantei-lhe o queixo para que me pudesse olhar nos olhos e disse-lhe :
- Filhoca , sei o que estas a sentir , quando era puto fiz uma coisa como tu e o meu pai também me obrigou a ir devolver um livro que tinha comprado , foi o pior dia da minha vida , nunca senti tanta vergonha e nunca me senti tão mal , sei que não o fizeste por mal , agora sabes que não deves fazer isso e não vais voltar a faze-lo , pois não ? Vá lá , não estejas triste , nem tenhas vergonha , todos os putos passam por situações destas , não és a unica .
Devolvi o dinheiro á mãe e perguntei-lhe se não se importava que oferecesse o aguça á miuda , talvez lhe parecesse impróprio, se ela tivesse alguma vez passado por uma situação destas compreendereria talvez melhor o que a filha estava a sentir naquele momento , o sofrimento que lhe estava a provocar era desproporcinal á asneira que a miudita tinha cometido , e que de certeza ela preferia ter levado uma grande sova a ter que passar por isto .
Esperava uma reacção negativa , mas acho que a mãe percebeu a mensagem , ou pensou que não batia bem da bola , deixou-me oferecer-lhe o aguça , e eu e a Chinesinha ficamos grandes amigos , sempre que me via corria para mim saltava-me ao pescoço e cobria-me de beijos , tal como fez ontem ... Talvez deus não exista mas talvez existam outras coisas que o possam substituir ...



4 Comentários:

Às 12:15 , Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Este homem é mesmo internacional. Agora até uma chinesinha???
E aposto que o Sr. talk Show tem dedo metido nisto...
Micas

 
Às 16:54 , Blogger Talk Talk disse...

Titá:
Desta vez estou perfeitamente inocente... não conheço nenhuma chinesita de 18 anitos assim giraça (infelizmente direi eu!)
Ad és um "ganda" malandro!!! Eheheheheh

Um grande abraço

 
Às 20:39 , Blogger Suga_Mentes disse...

Que bocas xungas , ainda estou para descobir qual de voces é o pior ...
Sei que fui eu que lancei o veneno , mas carago , era uma piada ...

 
Às 11:10 , Blogger Talk Talk disse...

Desculpa Ad... tens toda a razão... mas tenho que te confessar que desde que li o texto só me vem à cabeça aquela música do David Bowie: China Girl!!
Hihihihihi

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial