2007-03-18

Festas na Cave


Na decada que antecedeu o 25 de Abril , enquanto a europa além peninsula ibérica respirava o doce perfume da liberdade , os preconceitos morais , sociais e religiosos criados pela burguesia do antigo regime , tremiam mas não caiam . Nessa época os contactos com o sexo oposto eram dificeis , parafraseando Frank Zappa que também já abordou o tema no Bebop Tango , « it wasn´t easy to get your rocks off » , pelo que a invenção das festas particulres e dos bailes em caves pequenas e escuras não era apenas inevitavel como necessaria , como pão para a boca , e não se riam que não foram tempos faceis ...

Essa triste geração que tinha de passar tardes em caves minusculas , fumarentas , superlotadas , onde o cheiro do diferente perfume de 30 ou 40 pessoas se misturavam com o do suor , apenas pelo prazer dum contacto fisico virtual , foi marcada por musicas que na falta de opções se repetiam religiosamente em cada festa .

Numa homenagem a essa geração nas costas de quem recaiu a responsabilidade de criar uma transposição de mentalidades revolucionária , e atenção que no tempo dos pais dessa geração uma senhora só podia casar de branco depois dum exame genecologico feito pelo padre , publico aqui algumas das musicas mais ouvidas nas «festas» ...

The Tremoles - Silence Is Golden
Procul Harum - A Whiter Shade of Pale
The shadows - Apache
The turtles - So Happy together
Wallace Colletion - Daydream
Four Tops and the Temptations - Papa was a Rolling Stone
Herman's Hermits - There's a Kind of Hush
Michel Polnareff - Love me , please love me
Black Sabath - Changes
Chicago - 25 or 6 to 4
Graham Nash - Simple Man
Osibisa - Woyoya
Otis Redding - Siiting On The Dock Of The Bay
Rare Bird - Simpathy
Shocking Blues - Venus
Uriah Heep - July Morning



0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial