2007-03-14

Herbie Hancock

Acreditem que este foi um post muito trabalhoso , não tinha nada de HH ,nem gostava dele , não é bem não gostava , é mais nunca consegui perceber que alguem que pudesse estar a tocar ao lado do Joe Pass , do Jaco Patorious , do Charles Mingus , do Marcus Miller , do Jan Garbareck , do Dave Holland , um fabuloso pianista de jazz como ele , escolhesse estar a tocar ao lado do Michael Jackson , musica disco , techno , enfim são opções que devemos repeitar , não acredito que o tenha feito apenas por motivações económicas , mas parece tão absurdo quanto ver Mozart no piano a acompanhar o Marco Paulo . Deixei de tentar continuar a ignorá-lo quando fui ver na Casa da Musica um concerto do septeto do vibrofonista Bobby Hutcherson que integrava Dennis Rodman e outros musicos famosos e onde 6 dos 8 temas tocados eram de Herbie Hancock . Acabei por descobrir que não é apenas um pianista virtuoso mas também um compositor excelente , os seus temas são muito apreciados e tocados pela generalidade dos musicos de jazz .




Herbert Jeffrey Hancock conhecido mais simplesmente por Herbie Hancock , nasceu a 12 April 1940 em Chicago , começou a estudar piano aos 7 anos , revelou-se um aluno prodigioso e aos 11 anos tocava o 1º andamento do concerto nº5 in D Maior para piano de Mozart com a Orquestra Sinfónica de Chicago num espectaculo para jovens musicos . Curiosamente nunca teve própriamente um professor de jazz , aprendeu ouvindo e transcrevendo obras de Oscar Peterson e George Shearing , o que lhe permitiu desenvolver o sentido da harmonia , mas escutava também McCoy Tyner, Wynton Kelly , Bill Evans , Don Goldberg e estudava as gravações de Miles Davis, John Coltrane e Lee Morgan.



Poderiamos dizer que HH teve um percurso musical em zig-zag , sepenteando entre as experiencias inovadoras do jazz acustico ao eletrónico , os R&B , fusion , jazz funk , disco , movie-music , techno , mas foi sobretudo na musica eletronica que mais fundo deixará o seu nome gravado , foi dos primeiros utilizadores de sintetizadores , do Fender Rhodes , moogs , piano eletrico Hohner , colecionou computadores e todo o tipo de eletronica do som que confessava apaixoná-lo (alias voltaria mais tarde á universidade para um curso de engenharia eletronica) .

                          foto do ano de 1986


Moog Voyager e Odity
Estas pequenas maravilhas que hoje consideraremos talvez obsoletas fizeram o delirio de uma geração de pianistas , permitiam pela primeira vez mexer com o som duma forma até então inpensavél . Chick Corea e Herbie Hancock foram os primeiros a assumir esta
inovadora instrumentação . HH como Keith Jarret foram literalmente empurrados por Miles para o piano-eletrico , se KJ recusou radicalmente a eletronica HH mostrou-se bastante impressionado e isso talvez explique as estranhas opções musicais futuras que alastrarão até a disco-music e a techno-pop .


A carreira musical começa quando em 1961 quando acaba o curso de composição musical no Grinnell College e na Roosevelt University, e é convidado por Donald Byrd para integrar a sua banda em Nova-Iorque . O album Royal Flush de de 21 de setembro de 1961 marca a primeira gravação de HH como musico profissional de jazz , assim como o primeiro tema de sua autoria   Requiem   ,   outros temas deste album de Donald Byrd com HH no piano ,    I'm a Fool to Want you    e    Hush   .

Já tinham contudo surgido convites da Blue Note para gravações a solo , surge assim em 1962 a 1ª obra Takin' Off , que inclui o famoso hit    Watermelon Man    com a coloboração de Mongo Santamaria .


   A reputação sobe em flecha , toca com Phil Woods e Oliver Nelson e desperta a atenção de Miles que procurava musicos para formar um novo quinteto . Em 1963 o jovem baterista Tony Williams , amigo de Herbie Hancock , apresenta-o a Miles e surge o convite para a gravação da obra « Seven Steps to Heaven » , mas HH ficaria ainda mais 5 anos com Miles e ajudaria a redefenir a secção ritmica do seu famoso segundo quinteto e do jazz em geral .
Dois temas do famoso segundo quinteto de Miles Davis com Ron Carter ,Wayne Shorter , Tony Williams e Herbie Hancock , o classico    Body and Soul    e    Masqualero   .

   Nunca deixou contudo de compor e editar a solo para a Blue Note , mostrando os dotes de compositor com hits como    Maiden Voyage   ,   Cantaloupe Island   , Goodbye to Childhood e Speak Like a Child .


Deixou ainda a sua assinatura na banda musical dum dos mais emblemáticos filmes ingleses da geração 60 , o «Blow Up» de Michelangelo Antonioni , que seria a primeira de varias aventuras na Music-Movie , deixo dois temas da banda musical de Blow Up e deixo também um conselho a quem nunca viu o filme , vejam-no .   Tema 1    e   Tema 5







Em 1968 acontece a separação com Miles , enquanto se encontra em lua de mel , é substituido por Chick Corea , numa das atitudes surreais a que Miles nos habituou . Começam a surir aqui as tendencias funkies de HH , grava o album Fat Albert Rotunda , e em 1969 forma um sexteto de avant-garde eletronica , o Sextante , onde o jazz, o R&B , o rock e a world-music se fundem , mas os tres albuns de musica experimental gravados pra Warner Bros conhecidos como "Mwandishi" albuns , Mwandishi (1971), Crossings (1972) e Sextant (1973) revelam-se um fracasso e em 1973 a banda é desfeita .



Forma então os Head Hunters com Bennie Maupin sax e clarinete , Paul Jackson baixo , Harvey Mason bateria e Bill Summers nas percussões . O primeiro album , Head Hunters , uma fusão de jazz , rock e funk , donde sobressai    Chamaleon    , vende mais de 1 milhão de cópias , tornando-se o album mais vendido da história do jazz . Em 1974 o album Thrust , um dos temas    Spark-A-Lee    , 1975 Man Child com o tema    Hang Up Your Hangs Ups    , 1976 album Secrets , o tema    People Music  , 1977 o ultimo album dos Head Hunters , Sunlight , que terminarão algum tempo mais tarde no final da decada .

Segue-se um periodo mais jazistico , com George Benson , Michael Brecker como no tema    My Ship   , Winton Marsalis com quem edita V.S.O.P. em 1980 , donde destacamos esta fabulosa interpretação de    Round Midnight  , no mesmo ano grava Mr Hands com Jaco Pastorious .


Os proximos 3 albuns , Monster de 1980 , Magic Windows de 1981 e Lite Me Up de 1982 , cuja produção foge já ao controle de HH serão muito mal recebidos pela critica e obscurecidos pelos exitos de novas e excelentes bandas de jazzrock que emergem .

E em 1983 quando Michael Jackson era um zombie negro surge    Rock It   que arrebata o prémio MTV e com o seu fabuloso video , uma das inovações tecnologicas da época , dá a HH uma projecção mundial que talvez nenhum outro musico de jazz tenha conseguido .
Apesar do enorme sucesso de RockIt que açambarcou tudo quanto era premio , inclusivé o 1º prémio de video que a MTV organizou , os proximos albuns Future Shock (1983), Sound-System (1984)e Perfect Machine (1988) voltaram a ser muito mal recebidos pela critica e foram um desastre comercial .
Excepcções a este periodo negro são o album Jazz Africa e Village Life (1984) com Foday Musa Suso e 1985 como convidado de Duran Duran no album So Red The Rose

Os ventos dos anos 90 voltaram a levá-lo de novo até ao jazz , tournés com Pat Matheny e Jack Dejanette , tema    Shadow Dance    e em 1991 o album de tributo ao grande mestre , reunindo alguns dos seus mais distintos alunos , Ron Carter , Tony Williams , Wayn Shorter e Wallace Roney , A tribute to Miles Davis , um dos temas    Elegy   .    Em 1994 um album Dis Is Da Drum , um retorno ao acid-jazz e 95 o album The New Standard com John Scofield, Jack DeJohnette e Michael Brecker , uma interpretação jazz de temas pop dos Nirvana, Stevie Wonder, The Beatles, Prince, Peter Gabriel e outros , o tema    When Can I See you   e Manhattan   .

Em 1997 o album em dueto com Wayne Shorter 1 + 1 foi um sucesso , o tema "Aung San Suu Kyi" ganhou o Grammy Award para a melhor composição instrumental . Em 1998 o album Gershwin's World com a colaboração de George & Ira Gershwin com alguns standards de Hancock e com convidaos especiais que incluiam Stevie Wonder, Joni Mitchell e Wayne Shorter .

Em 2001 Hancock grava Future2Future, com Bill Laswell , muita eletrónica e hits de Rob Swift dos The X-Ecutioners. Da tourné fica um DVD que incorpora de novo RockIT
. No mesmo ano com Michael Brecker e Roy Hargrove é editado o album ao vivo , no Massey Hall de Toronto , Diretions in Music , num tributo a Miles e Coltrane . Com maior ou menor regularidade este trio manteve-se activo até 2005 actuando um pouco por todo o lado e gravando ocasionalmente .
O ano de 2005 assistiu ainda ao lançamento do album Possibilities , composto de diferentes duetos , com Carlos Santana e Angilique Kidjo o tema Safiatou, Paul Simon , Annie Lennox o tema    Hush,Hush,Hush   , John Mayer , Christina Aguilera , Sting e outros. Em 2006,recebeu duas nomeações para Grammy Awards em duas categorias : "A Song For You," com Christina Aguilera para a melhor colaboração pop com vocais , e "Gelo Na Montanha," com Trey Anastasio na guitarra para o melhor pop instrumental , mas nenhuma das nomeações foi galardoada .

E sendo Herbie Hancock um musico tão versátil e activo não é com surpresa que o vemos a acompanhar o ex-presidente dos USA Bill Clinton

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial