2007-02-23

Larry Carlton

   Para fecharmos este capitulo sobre o SmoothJazz e depois de termos referido Bob James , David Sanborn e Grover Washington JR faltava mencionar aquele que é talvez o mais criativo de todos os representantes do genero , Larry Carlton . Não quer isto dizer que ficam por aqui os nomes importantes do Smooth , outros como Lee Ritenour , Kenny J , Earl Klugh , Steve Lukather ou Bill Evans (saxofone) mereciam por direito ser referidos , não é contudo objectivo deste blog fazer estudos exaustivos , tudo o que se pretende é ser algo do genero de uma escola primária , apresentar os rudimentos , tentando motivar as pessoas a procurarem os musicos e estilos que mais lhe agradem .



   Larry Eugene Carlton nasceu a 2 de março de 1948 em Torrance , começou a tocar guitarra aos 6 anos e a sua primeira influencia foi Joe Pass , depois Barney Kessel e Wes Montgomery , os classicos , john Coltrane e as suas baladas dos inicios da decada 60 tiveram também grande influencia no estilo musical desenvolvido .

   O primeiro disco como leader aparece em 1968 , With a Little Help for My Friends , o som doce da sua Gibson ES 335 foi bastante apreciado , fez de imediato escola começando a ser copiado por diversos musicos . Como consequencia passaria a ser um dos guitarristas mais solicitados , durante a decada de 70 , trabalharia como musico de estudio colaborando e gravando com Steely Dan, Joni Mitchell, Michael Jackson, Sammy Davis Jr., Herb Alpert, Quincy Jones, Bobby Bland, Dolly Parton, Linda Ronstadt e comopondo para Barabra Streisand , Joan Baez e Larry Gatlin .
   Destas colaborações uma iria manter-se durante muitos anos , com os Crusaders de Joni Mitchell e estender-se-ia por 13 albuns .



  Nomeações e alguns Grammys foram-se sucedendo como o de 1981 para o tema Balada de Hill Street com a colaboração de Mike post e o sucesso conseguido com a musica do filme Against All Gods lançaram definitavamente LC na ribalta da musica moderna , um ponto alto aconteceria em 1994 quando foi convidado para integrar o quinteto de Stanley Clarke & Friends , com Billy Cobham , Najee e Deren Johnson , que gravou o fabuloso album Live At the Greek . Num post futuro passaremos este album na integra .

Na extensa discografia de LC encontramos diversas parcerias , rock , jazz , pop , LC foi sempre um musico muito activo , como exemplos ficam os temas   Blues For TJ   com BB King    We Three Kings of Orient    com Miles Davis , David Sanborn , Marcus Miller e George Benson ,   Jazziz   com Lee Ritenour




Dos albuns a solo de LC distingue-se Last Nite , mais nas margens dos blues que do smooth , considerado um dos melhores albuns , ao vivo no Backed Potato em North Hollywood , com teclista Terry Trotter, baixo Abraham Laboriel, o drummer John Robinson eo percussionista Alex Acuna , 6 temas , 4 de LC e 2 de Miles Davis ,    All Blues    e    So What    , dos 4 restantes escolhemos 2 ,    Last Nite   e    Dont Give Up



  Em alguns albuns de LC é evidente o afastamento do Smooth , como em Regenade Gentleman o tema   Crazy Mama   e    R.C.  , noutros como The Gift temos o smooth em toda a sua força , o tema   Mourning Dove  
ou    My Old Town   do album Colletion ou ainda    e    Roll with It    do album Deep Into It .




  A sorte que parecia bafejar LC abandoná-lo-ia no final dos anos 80 , quando ao sair do seu estudio em NY foi atingido no pescoço por uma bala perdida . Seguiu-se um longo periodo de hospitalização e de reabilitação que felizmente não deixaram mazelas no musico . LC é conhecido e apreciado pelo seu caracter amistoso e alegre , por um relacionamento agradavel e facil quer com a comunicação social quer com os colaboradoes .














No ultimo post referimos que nos finais dos anos 80 substitiui Lee Rritenour nos Four Play , colaborou no 4º album da banda e nos seguintes .




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial