2007-02-02

Art Blakey


  È uma historia conhecida nos bastidores do jazz que Art Blakey , o famoso baterista que formou os Jazz Messengers com Horace Silver , Kenny Dorham e Hank Mobley ,tornou-se baterista por uma capricho da natureza , neste caso da natureza humana . Art era um pianista mediocre , tocava em clubes de 2ª linha , quando um dia um gangster armado o obrigou a sentar-se na bateria e tocar . A verdade é que a partir desse momento abandonou o piano e tornou-se um dos notaveis bateristas do jazz .




   Nascido a 11 de Outubro de 1919 em Pittsburg , aficionado dos ritmos do continente negro , passou 2 anos na Nigéria a estudar os ritmos do oeste africano , é o mais barbaro e mais brutal dos drumers da era bop , foi contudo dos primeiros defensores da poliritmia , junto com Max Roach e Kenny Clarke influenciram a forma de tocar da maior parte dos bateristas vindouros .








   Art Blakey e Horace Silver ficariam pouco tempo juntos , o primeiro ficou com os direitos sobre a banda que manteve longos anos , os Jazz Messengers , que se tornariam num quinteto .
   AB pretendia que a banda se tornasse um viveiro de jovens talentos e a verdade é que entre outros Lee Morgan , Doanld Byrd , Freedie Hubard , Benny Golson , Wayne Shorter , Booby Timmons e Keith Jarret passaram por lá . Horace Silver criou a sua própria banda o Quintet Silver , apesar da separação o estilo musical de ambos manteria uma linha semelhante , representativa do funkie . Ambas formações tiveram imenso sucesso , num jazz mais melódico , brilhando pela simplicidade do discurso , ritmo bem marcado , capaz de captar facilmente o ouvido , renunciava as tropelias vanguardistas dos bopers , a irregularidade dos compassos , harmonias complexas , por vezes dificeis de reter melodicamente . Preconizava-se o retorno ás origens , aos blues , aos godspells , procurava-se um som capaz de provocar emoções fortes partindo da simplicidade musical que caracterizava esses estilos .


   Se muitos musicos de inspiração bebop viram nisso uma traição , a verdade é que tiveram o mérito de sensibilizar durante varios anos auditores totalmente desprovidos de cultura jazzistica .







  O tema   Blues ,   Art Blakey e os Jazz Messengers , do album A Night at Birdland
Os tems   If I Had You    e    Once in a While   do album de 1954 , Live at Birdland Café









Se gostaram , aqui ficam mais dois temas , do album Caravan a Take 2 do tema   Thermo  
e   Casino   do album Mirage

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial