2007-01-31

Kenny Barron


Kenny Barron nasceu a 9 de Junho de 1949 em Philadelphia , é um dos pianistas mais conceituados do mundo do jazz . Tocou com Dizzy , acompanhou Freddie Hubard de 66 a 70 , Yusef Lateef de 70 a 75 , Ron Carter de 76 a 80 , ano em que criou a sua propria banda , os Sphere , que tem vindo a liderar desde então .



Já o referi algumas vezes , quando falamos do album de Stan Getz "People Time" ou do "Art of Tnree de Billy Cobham" e já que falamos disso vou aproveitar para postar de novo o First Song (Song for Ruth) , não acredito que alguem vá ficar zangado , do mesmo album também o clássico Night and Day.



Kenny Barron e Stan Getz    First Song (Song for Ruth) , e    Night and Day    album People Time ,   o ultimo album em que Stan Getz participou .


Este tema , o classico   Soft As in a Morning Rising Sun , do album Freefall com a violinista Regina Carter .

O sempre agradavel   Autumn Leaves ,   do album Art of Three , Billy Cobham , Kenny Barron , Ron Carter


Os tres temas seguintes são do album Live at Bradley´s , gravado a 3 e 4 de Abril de 1996 em Greenwich Village bar , o trio é composto por KB piano , Ray Drummond no baixo e Ben Rilley na bateria .

O primeiro tema    Everybody Loves My Baby But My Baby Don´t Love Nobody But Me    o tema   Canadian Sunset   e por fim   Solar





Um album mais recente , de 2004 , o quinteto de Kenny Barron constituido por Anne Drummond na flauta , Kim Thompson na bateria , Kiyoshi Katigawa no baixo e Styefon Harris no vibrafone . Depois disso já editou a Table for Two no mesmo ano e Live at Bradley´s II em 2005 mas ainda não foi possivel saca-los da net duma forma honesta .

Footprints , que se bem se lembram é um tema de Herbie Hancock
Images
Hallucinations , tema um bocado escrito por todos nós

Para quem quiser saber , conheci este musico duma forma pouco vulgar , na altura não conhechia muitos musicos de jazz , apenas os mais famosos , estava a ouvir um album e não consegui deixar de reparar no pianista , fui procurar e era Kenyy Barron , esse mes sucedeu-me o mesmo mais duas vezes , e sempre KB , o que não deixa de ser anormal se pensarmos que nesses dias nem alinhava muito em trios e musicas onde a melodia era da resposibilidade do piano , como diria o meu filho, soava um pouco gay , de qualquer forma foi assim que conheci não só Kenny Barron como também Bill Evans , foram os unicos a quem cheguei pela simples curiosidade de os ouvir , ambos pianistas e os meus dois pianistas preferidos hoje em dia . Se estão a pensar que existem muitos pianistas que facilmente ensombrariam KB , não deixam de ter razão , mas a verdade é que não há nenhum que pessoalmente goste mais de ouvir que KB . Não falo de Bill Evans porque ninguem encontraria um nome capaz de o assombrar .

2 Comentários:

Às 17:38 , Blogger Talk Talk disse...

Nigth and Day... ai que som do caraças!!!!!

Um grande abraço e bom fim-de-semana Ad.

 
Às 22:03 , Blogger Suga_Mentes disse...

Olá Talk , peço-te imensa desculpa pelo distanciamento que tenho mantido , não é pessoal , adoro falar contigo , e adoro totil ler os teus textos (que espero bem tenhas continuado a escrever ), tenho ando muito ocupado e com pouca disposição , o meu analista diz que sofro de crise existencialista crónica aguda , isto do Apito Dourado e da Carolina também me tem afectado muito , espero que esteja tudo bem contigo , um grande abraço , prometo que te vou fazer uma visita . Bom FDS

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial