2007-01-08

Eric Dolphy


      Eric Dolphy foi o primeiro a quebrar o modelo de Charlie Parker e a dar uma definição virgem do swing , a sua linguagem caracterizava-se por um fraseado nascido da deslocação e do encrespamento do discurso parkeriano , a extrema fluidez reconcilia-se com a extrema descontinuidade . Notas lançadas isoladamente , saltando de uma oitava para outra constituem paradoxalmente uma frase flexivel e notavelmente arqueada . Assim , a fragmentação implacável da improvisação acaba por desenhar uma ordem , estruturando precisamente aquilo que devia corromper e dissolver . Angulosa e sinuosa , ofegante e serena , dividida e continua . É um lirismo perturbado , ferido , congestionado , traumatizado , retorcido , torturado ....




      Os primeiros discos testemunham ainda uma aproximação quase tradicional ao jazz , contudo as tendencias de Parker aparecem de asprezas limadas , o futuro é de um profeta anunciador de movimentos mais contemporaneos que formalizam e superam a estética libertária .

      Dois temas clássicos , onde ainda não se fazia sntir tão fortemente a filosofia New Thing

Naima
Glad to Be Unhappy


       Nascido em Los Angels em 20 de junho de 1928 , começa a estudar clarinete aos 9 anos . Inicia-se profissionalmente ao lado de George Brown , depois Gerald wilson , Buddy Collete e entra na famosa orquestra de Chico Hamilton onde se faz notar pela ousadia e sinceridade das suas concepções . Em 1959 fixa-se em Nova Iorque e junta-se a Charles Mingus , lança o seu 1ª trabalho como lider . Passa pela banda de George Russell e chega á banda de John Coltrane .
       Fixa-se então na europa , actuando regularmente em Paris e nos festivais mais conceituados do velho continente , em Berlim faz-se acompanhar de Donald Bird . É nesta cidade que virá a falecer em 29 de junho de 1964 .






Tres temas do album Out to Lunch , uma referencia da corrente New Thing , uma obra que estableceu diretrizes e defeniu caminhos .



Striaght Up and Down
Hot and Beard
Out to Lunch

      Situado entre o jazz de tradição parkeriana e a aventura libertária e impondo a esta a anterioridade da primeira , mas quebrando a continuidade , criou uma infra-estrutura revolucionaria ao redefenir o elemento ritmico , a teoria que a regularidade do tempo e a permanencia do tipo de pulsação escolhido no primeiro compasso da interpretação seria o elemento especifico e indespensavel da jazzidade caia por terra abrindo um novo mundo de possibilidades .







      Eric Dolphy foi dos percusores e impulsionadores da « New Thing » , a evolução deste movimento aponta directamente para o free-jazz , as primeiras barreiras começam a ser demolidas , as estruturas ritmica , melodica e harmonica serão questionadas e abulidas . Eric Dolphy e outros como Ornette Colleman , Charles Mingus , John Coltrane , Cecil Taylor são dos primeiros a ousar faze-lo .









Texto baseado na obra Jazz Moderno de Henry Reanult




0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial