2007-01-04

Clifford Brown


     Quanto mais dura e momentanea for a queda , mais soberba será a ascensão no sonho dos homens .


      Esta máxima tem acompanhado o infortunio dos grandes musicos que tiveram pouca vida e muita glória , caso de Clifford Brown , falecido num acidente de automovel na noite de 26 para 27 de junho de 1956 , com apenas 26 anos .
    Recebeu o seu primeiro trompete aos 13 anos , ano de 1943 , provocadores de gorro , que ainda não se chamam Boopers fazem rebentar algumas bombas em volta do leito do Middle-Jazz , Clifford escuta , retém , aprende ... Técnicamente os seus progressos são espantosos .


      A integração no movimento Bebop foi uma quetão de tempo . Conhece Charlie Parker , acompanha-o , participa em inumeras Jam-Sessions ao lado dos suspeitos do costume , os boopers do Minton's , Jay Jay Johnson , Max Roach , Ernie Henry , Fats Navarro . É o ultimo quem mais o impressionará , seguilo-á , imitá-lo-a e será dos que mais chorará a sua morte em 1952 .

Duas interpretações de Clifford Brown , o standart   « I Get a Kick Out of You »    e o tema   Bellarosa


Nos tempos seguintes tentará perpetuar a musica de Fats atraves da sua propria musica , quando Tadd Dameron ( pianista , compositor e um dos principes do Bebop ) o ouve , fica estupefacto , era como se Fats tivesse voltado ... Dameron empurra-o literalmente para o sucesso .

O tema   Swingin'   na companhia dum musico que encaixava na perfeição na musica De CB e que o acompanhou nos momentos de maior sucesso , o baterista Max Roach .

     Havia um lugar vago aguandando-o , Parker tinha deixado de escandalizar , Lester Young tinha há muito baixado os braços . Pegou em conjunto todos os estilos e ligou-os de um só golpe . Tinha o ataque , a precisão e o impulso de Dizzy , a elegancia de Miles , a densidade melódica e a mistura de virilidade e doçura de Fats Navarro .


A sua musica surpreendeu antes de tudo por um poder de choque extraordinário , a extensão do registo , a força de emissão , a clareza do ataque e da pronuncia fizeram dele um técnico brilhante que produzia um lirismo de elegancia extrema .

Depois de ter seguido Tadd Dameron em digressao durante o Verão de 53 acompanha a grande orquestra de Lionel Hampton na digressão europeia . De regresso á América grava com Art Blackey , em 54 acompanha Max Roach , grava 4 albuns com Harold Land , dois com Sonny Rollins , até que nesse fatidico dia 26 de junho , a morte chega a 150 km á hora ...

Para Finalizar , o tema    Stardust




Texto inspirado na obra « Jazz Moderno » de Henri Renault

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial