2005-11-11

Kind of Blue



Kind of Blue . È um corte radical na obra de Miles , o abandono do modelo harmónico para o melódico , o momento a partir do qual miles consagra a melodia como principal factor musical , ao contrário da musica que vinha produzindo em quintetos ou sextetos onde a harmonia defenia a filosofia musical . De certa forma , opinião pessoal , é onde Miles encontra a sua essencia , o ponto de viragem , é o renascimento de Miles Davis .
Até aqui , tinha liderado quintetos , sextetos, colaborações , era talvez já o trompetista mais conceituado da época , mas não tinha ainda deixado o seu cunho pessoal no jazz , ou nunca tinha na forma como o veio a fazer , e este é o album da viragem , talvez o mais belo album de jazz , teve a estrita colaboração de Bill Evans , que sempre clamou ser o compositor de alguns temas e co-compositor noutras , e merce ser ouvido ...
Curiosamente , Miles que tanto anos foi fiel ao jazz clássico , nunca mais parou de evoluir , esteve sempre a liderar a vanguarda , nunca parou num estilo , caminhou sempre em frente , escolheu para as suas bandas aqueles , que hoje em dia são os mais consagrados , como exemplo , Chick Corea , Ron Carter , Herbie Hancock , Marcus Miller , Stanley Clarck , Billy Cobham , Wayne Shorter , e muitos outros .
Mais curiosamente ainda , Miles nunca deu um passo , em direção ao avant-garde jazz ou o free , o que terá a sua lógica , dada a importancia que Miles atribuia á melodia .

3 Comentários:

Às 16:03 , Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

E é por ser tão melodioso que Miles é também tão único e talvez, para os mais leigos, o postal do Jazz.
Bjs Ad

 
Às 11:55 , Anonymous Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

 
Às 07:30 , Anonymous Anónimo disse...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial